23 de julho de 2009

Solidão: eu gosto dela.

Primeiro, por ser capricorniana. Se você não acredita em signos pule essa primeira parte então e vá para os argumentos seguintes. Mas é fato: capricornianos sobrevivem bem em qualquer terreno. Em parte, por serem frios. Eles simplesmente olham pra frente e esquecem.

Eles sabem que no fundo, no fundo, todos somos sós e continuaremos sós.

Segundo, estar sozinho é estar com você mesmo. Não pode ser tão ruim assim, pode? Só se você fosse uma companhia desagradável, o que presumo que não seja. Você pode olhar pra dentro de você mesmo, fazer coisas que gosta e vejam só! Ir ao cinema assistir ao filme que VOCÊ está afim sem ter que ficar discutindo com seus amigos qual o melhor filme para todos, o melhor horário e o melhor cinema.

Terceiro, quando se está sozinho, não se criam expectativas, não se criam problemas, a vida corre leve, pois é você e os seus problemas e não você, os seus problemas e os problemas dos outros.

Entenda-se aqui que eu não estou dizendo que estar sozinho é melhor que ter companhia, mas que é possível se tirar proveito das duas situações.

Eu não consigo entender por que existem pessoas que sofrem tanto quando estão sozinhas. Em suma, você não tem com quem se preocupar. além de você mesmo e isso é tão bom!

Você sabe que nada vai acontecer e assim nada espera. Você apenas flutua e leva as coisas numa boa...

Então, da próxima vez que ficar sozinho, pense pelo lado positivo e esqueça esse significado pesado que as pessoas atribuem à palavra solidão.

2 comentários:

Pitango disse...

Eu sou capricorniano e te entendo muito bem...

http://www.tchubaduba.blogspot.com/

Foguinho disse...

Não sou capricorniano mas queria ser nesse momento.
E assim,essas foram as melhores palavras que ouvi(pq era como se você estivesse lendo-as em meus ouvidos) nesse fatídico mês de agosto, o chamado Mês do Cachorro louco.
Beijos