12 de abril de 2009

Sobre escrever errado e ser burro.

Assistindo a uma premiação exibida em um programa dominical vespertino, juntamente com minha irmã e meu cunhado, comentei que prefiro os prêmios de música que não são julgados pelo voto popular, prefiro prêmios de música em que os concorrentes são escolhidos por músicos, críticos e uma equipe especializada no assunto.

Meu cunhado, uma pessoa com a qual não tenho interesse de manter um diálogo e nem ao menos consigo, expôs a opinião dele e já alterado, terminou com “a voz do povo é a voz de Deus”, enquanto eu argumentava e defendia minha opinião. Ao ouvir a última frase apenas sorri e resolvi me retirar da sala, pois acredito que a voz do povo é facilmente influenciada pelas rádios e pelos meios televisivos e nem sempre é sinônimo de qualidade, mas sim de preferência nacional.

Meu cunhado é uma das únicas pessoas que eu cheguei a conhecer que realmente considero ignorante. Não faço questão de conversar com ele, pois ele não ouve o que as outras pessoas dizem e pensa estar sempre certo. Ele conversa, mas não mantém um diálogo. Ainda assim, paro para analisar que embora a palavra ignorante tenha um sentido no dicionário, cada pessoa a interpreta da maneira que prefere.

Como não posso gritar minha raiva e como não entra em minha cabeça o fato de que ela o namora e que ele está quase todo dia debaixo do mesmo teto que eu, sentei em frente ao computador e resolvi achar uma comunidade no Orkut que expusesse minha opinião com relação a pessoas ignorantes. Sou nerd, gosto de sites de relacionamento e ao contrário de muita gente, costumo entrar em comunidades que realmente condizem com o que penso. Eu não costumo mentir para que achem que eu sou algo que não sou.

Pois bem, descubro que a maioria das comunidades direcionadas para ignorantes não satisfaziam o que eu queria passar. Resolvo dar uma olhada em uma comunidade intitulada “Odeio gente burra”. A comunidade conta com um número gigantesco de membros. Pensei: será que toda essa gente acredita ser tão inteligente e culta assim a ponto de dar a cara à tapa e dizer que os outros é que são burros?  Um tópico me chama a atenção: “escrever errado é sinônimo de burrice?” Resolvo olhar o tópico e prontamente desisto de entrar em tal comunidade.

Sinceramente, você realmente acredita que escrever errado é sinônimo de burrice? Eu não acredito que seja, pois para mim, inteligência é poder de argumentação e capacidade de entender a opinião dos outros e reconhecer que, muitas vezes, o que a outra pessoa está dizendo é mais interessante e talvez mais correto do que aquilo que você acabou de dizer. Conheço pessoas que escrevem corretamente, mas são pobres de espírito, grosseiras, teimosas e não sabem manter um diálogo. Em contrapartida, conheço pessoas que possuem dificuldade em escrever corretamente e ao invés de agir feito animais quando conversam com alguém, conseguem dar um show quando o assunto é manter uma conversa, dialogar.

Uma pessoa burra pode escrever errado, mas uma pessoa que escreve errado não é necessariamente burra.  Até porque acredito que as pessoas são diferentes e são boas em coisas diferentes. Quem sabe escrever bem não pode sair por aí se gabando ou querendo se considerar superior a ninguém, pois isso não deixa de ser um tipo de preconceito. Alguns desenham, alguns cantam, alguns escrevem. Querer que todas as pessoas saibam escrever corretamente, mesmo que elas tenham recebido a mesma educação, é estupidez. O importante é ser polido e saber argumentar. Colocar um acento no lugar errado ou conjugar um verbo incorretamente não classifica alguém como burro ou ignorante. E se alguém, em determinado momento resolver classificar, ou é arrogante ou esse sim é burro por não saber conviver com a diversidade.

6 comentários:

Pitango disse...

Concordo plenamente!
Abção
Pitango
http://www.tchubaduba.blogspot.com/

Anônimo disse...

[url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/ganardinero.jpg[/img][/url]
[b]La mejor web sobre ganar dinero[/b]
Nosotros hemos hallado la mejor pagina web en internet de como trabajar en casa. Como fue de interes para nosotros, tambien les puede ser de interes para ustedes. No son unicamente metodos de ganar dinero con su pagina web, hay todo tipo de metodos de ganar dinero en internet...
[b][url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/dinero.jpg[/img][/url]Te recomendamos entrar a [url=http://www.ganar-dinero-ya.com/]Ganar-dinero-ya.com[/url][url=http://www.ganar-dinero-ya.com][img]http://www.ganar-dinero-ya.com/dinero.jpg[/img][/url][/b]

Julian disse...

Gostei muito do seu texto. Meus parabéns. Você colocou em forma de texto bem o que eu penso.

Dinho Lascoski disse...

muito bom!
entrei aqui por acaso e valeu a pena parar pra ler. =]
parabéns!
concordo plenamente que alias até ja tinha refletido dobre isso e chego a mesma conclusão.
e vc escreve muito bem hehe

MARY disse...

OLA , MEU NOME É MARIA DE FATIMA , TENHO 28 ANOS , E TENHO UMA CERTA DIFICULDADE EM PORTUGUÊS
TENHO UM IRMÃ QUE É CORRETÍSSIMA EM PORTUGUÊS ...
EU CONSEGUI UMA VAGA EM UMA EMPRESA MUITO GRANDE , TIVE UMA CHANCE QUE ME DEIXOU MUITO FELIZ ..E EU COMENTANDO COM UM DE MEUS IRMÃOS , PARTILHANDO COM ELE A MINHA FELICIDADE , ELA SIMPLESMENTE ME HUMILHOU DIZENDO QUE FOI PRATICAMENTE , TIRAR AGUÁ DA PEDRA , QUE EU SOU BURRA , FIQUEI MUITO TRISTE COM ELA , NÃO DISSE ISSO NA HORA , MAS EU ESTOU MUITO MAGOADA COM ELA ...MAS EM FIM , AMEI SEU BLOG ...CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ...QUE DEUS TE ABENÇOE ..BJS

Anônimo disse...

Concordo plenamente com você, agradeço pelas palavras que me consolaram diante de uma situação que me deixou constrangida. Sempre achei que pelo simples fato de escrever errado uma palavra ou outra eu seria considerada burra ou incapaz pelos outros, sei que esse pensamento é comum em meio a nossa sociedade, porém eu me condenei por muito tempo por me enganar na escrita de algumas palavras insignificantes kkk me sinto uma tola, enfim, agradeço de coração pela tua iniciativa, creio que confundir as palavras na hora da escrita não é sinônimo de burrice e me sentir mal por isso foi total ignorância.