12 de março de 2007

Boiam na água,

Dentro da minha cabeça, alguns pensamentos.

Boiam uns restinhos de mágoa,

Boia um coração machucadinho...

Na minha cabeça boiam monstros e fantasmas.

Meus pensamentos engolem a sobriedade

Vomitando invenções

Que se repetem,

E se repetem,

Formam um ciclo e se recompõe,

E se renovam

Pra moer meus pensamentos bons.

O será? povoa minha cabeça e vai criando confusões mentais.

Essas confusões róem os neurônios e vão fazendo buraquinhos.

Pelos buraquinhos saem os sonhos e a tranqüilidade,

Enquanto entram pelo sangue os tormentos e alucinações

Que matam aos pouquinhos

A paz e a felicidade.

Um comentário:

Ops, Sem Querer Saiu... disse...

Penso parecido...sinto algo parecido...é normal do ser humano ser "nostalgicamente sonhador"??


=)

[Emily]